Dr. Rogerio Gomes - Cirurgia Plástica - Florianópolis | Tendência: próteses menores (ou não tão grandes)
6022
post-template-default,single,single-post,postid-6022,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Tendência: próteses menores (ou não tão grandes)

Tendência: próteses menores (ou não tão grandes)

Tendência: próteses menores (ou não tão grandes)

 

A procura por redução de mamas ou até mesmo de próteses tem crescido nos últimos anos. Seja por questões de estética ou saúde, as mulheres tem procurado tamanhos menores de mamas.  Hoje o máximo procurado é ao redor de 275 ml, antigamente os modelos eram de 350 ml ou 450 ml. Conforme a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o numero de cirurgias para trocar um silicone grande por outro menor cresceu 15% somente no Brasil.

A tendência além da busca pela naturalidade, também tem a ver com questões de saúde. Próteses mamarias muito grandes acabam provocando um estiramento cutâneo, que podem resultar no aparecimento de estrias que incomodam muito as mulheres. Outro fator que motivou esta mudança é a questão do peso das próteses, que com o passar dos anos, quando maiores, tendem a provocar queda das mamas, acentuando os sinais de envelhecimento e flacidez. Além deste problema o peso também pode provocar problemas ou dores na coluna, devido o corpo não estar preparado para suportar o peso excessivo das mamas.

Mas como saber qual o tamanho ideal?  O tamanho da prótese vai depender muito da estrutura corporal. Não é simplesmente escolher por próteses maiores ou menores, o corpo de uma pessoa que mede cerca de 1,80m necessita de próteses maiores que a de uma pessoa que mede 1,60m. Na decisão, além da estética, temos que levar em consideração questões de saúde que apareceram com o passar do tempo.

Para quem já nasceu com seios grandes e precisa diminui-los já existe um procedimento especifico para isto.  A mamopastia redutora e indicada para mulheres que possuem mamas com tamanho superior as características do tórax. O procedimento além de reduzir as mamas, também as reconstrói.

As cirurgias de implante de silicone são nos dias de hoje os procedimentos mais realizados entres os cirurgiões plásticos brasileiros. E apresar de mudanças de cenário, o número de cirurgias continuará crescendo.  A tendência para novas cirurgias é que sejam escolhidas próteses menores pelas mulheres, ao mesmo tempo em que o número de procedimentos para trocas de próteses maiores por menores, tende a aumentar.

Quer saber mais sobre o procedimento? Entre em contato conosco. Estamos prontos para recebê-los.

No Comments

Post A Comment