Dr. Rogerio Gomes - Cirurgia Plástica - Florianópolis | Tendência Menos é Mais!
Hoje cada dia mais a tendência no mercado brasileiro são próteses mamárias naturais! Portanto esqueça os seios fartos das atrizes porque elas também estão se rendendo a esse novo estilo.
tendênciamaisémenos,novospadrões,protesesmamarias escolhacoerenteequilibrada,cirurgiãoplastico,siliconecirurgia profissionalqualificado,estruturacorporal,causaestriairreversivel
6303
post-template-default,single,single-post,postid-6303,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Tendência Menos é Mais!

Tendência Menos é Mais!

Hoje cada dia mais a tendência no mercado brasileiro são próteses mamárias naturais! Portanto esqueça os seios fartos das atrizes porque elas também estão se rendendo a esse novo estilo.

Segundo uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica o número de intervenções para a troca de silicone grande por um menor cresceu mais de 25% só no Brasil.

Antes os modelos eram de 300ml a 400ml que faziam sucesso entre as brasileiras, agora dificilmente passam de 270ml.

As próteses maiores nada tem a ver com os novos padrões, além de não proporcionarem um visual satisfatório provocam um alongamento das fibras resultando possivelmente no aparecimento de estrias.

Por isso, não se trata de escolher uma prótese menor e sim de uma escolha coerente, equilibrada, harmonizada com a estrutura corporal de cada pessoa.

Isso não significa que diminuiu a procura por implantes, muito pelo contrário! Eles continuam a todo vapor mantendo o Brasil na segunda posição no ranking perdendo apenas para os Estados Unidos.

Muito importante você procurar um profissional qualificado em Cirurgia Plástica para realizar seus procedimentos estéticos.

Você deve checar se seu médico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www.cirurgiaplastica.org.br) para ter as maiores chances de um procedimento seguro.

 

Quer saber mais?  Agende já uma consulta com Dr. Rogério Gomes e tire suas dúvidas.

 

 

 

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.