Dr. Rogerio Gomes - Cirurgia Plástica - Florianópolis | Mito ou Verdade: O Umbigo após a abdominoplastia fica diferente?
A abdominoplastia está entre os procedimentos mais procurados, principalmente por mulheres que desejam alterar a silhueta e perder aquela barriguinha.
abdominoplastia, autoestima, Cirurgia Plástica, clínica de cirurgia plástica, Umbigo
6194
post-template-default,single,single-post,postid-6194,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Mito ou Verdade: O Umbigo após a abdominoplastia fica diferente?

Mito ou Verdade: O Umbigo após a abdominoplastia fica diferente?

A abdominoplastia está entre os procedimentos mais procurados, principalmente por mulheres que desejam alterar a silhueta e perder aquela barriguinha que mesmo com exercícios e alimentação adequada insiste em não sair.

Uma preocupação presente em grande parte dessas mulheres é em saber como fica o umbigo depois do procedimento e como ficarão as cicatrizes decorrentes da abdominoplastia. Na abdominoplastia a estética do umbigo é parte determinante para o sucesso da cirurgia.

A estética do umbigo pode ficar diferente em cada mulher. O umbigo de mulheres que já passaram por uma gestação não será igual ao que tinha antes da gestação, mas ainda assim os resultados obtidos depois da cirurgia são melhores que antes da operação.

Em pacientes muito magras, estas não ficarão com umbigos profundos. Ou seja, independente das condições da mulher, como idade, peso, altura, se ouve ou não uma gestação, os resultados da cirurgia estão diretamente ligados aos cuidados pós-operatórios passados pelo cirurgião plástico.

Existem alguns conceitos técnicos importantes a serem seguidos na realização de uma cirurgia de abdominoplastia.

Um deles é ter cautela no tamanho do umbigo que será desenhado para que não fique muito grande ou muito pequeno. Não podemos esquecer que toda cicatriz retrai com o tempo, e isso acontecerá com o umbigo. Na maioria dos casos, o diâmetro de uma polpa digital é o suficiente, mas pode ocorrer mudanças indesejadas na recuperação que são da cicatrização de cada organismo e não dependem da cirurgia realizada.

A distancia da marcação do umbigo com a marcação da cicatriz inferior da abdominoplastia também é importante e a maioria dos casos mede-se a distância entre 8 e 10 centímetros, mas dependendo do biótipo de algumas pacientes, especialmente as brevelíneas, pode ser menor.

Em algumas técnicas de reconstrução umbilical pode ser recomendado o uso de extensores umbilicais, que podem ser de silicone ou pérolas, pois eles ajudam a obter um formato agradável e uma cicatriz mais natural e de melhor qualidade, especialmente quando é feito umbigo redondo.

O reposicionamento do umbigo não acontece em todos os casos de abdominoplastia, ele apenas será necessário em casos onde é feita a remoção de uma grande quantidade de pele, podendo assim melhorar muito o resultado estético do procedimento. Nestes casos a cicatriz ficará dentro da cavidade umbilical, sendo assim não ficará visível, e não prejudica a questão de estética da barriga.

Uma preocupação de quem fez um procedimento de abdominoplastia é em como deve ser feita a limpeza do umbigo após a cirurgia.

Um dos métodos utilizados para limpar o umbigo após a abdominoplastia, é abrir uma gaze, enrolá-la a partir da ponta e colocar dentro do umbigo com a ajuda de um cotonete, sempre tomando cuidado para não machucar a região. Depois basta continuar enrolando a gaze até que encaixe ao umbigo e usar um micropore para fechar o curativo.

Existem vários métodos de limpeza, quem passará à cada paciente como ela deve ser feita será o cirurgião plástico e ele também informará de quanto em quanto tempo o curativo deverá ser trocado, normalmente uma ou duas vezes por dia.

Quer saber mais?  Agende já uma consulta com Dr. Rogério Gomes e tire suas dúvidas.

 

www.rogeriogomes.com.br

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.