Dr. Rogerio Gomes - Cirurgia Plástica - Florianópolis | Ácido Hialurônico – Preenchimento facial
602
page-template-default,page,page-id-602,page-child,parent-pageid-592,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Ácido Hialurônico – Preenchimento facial

Objetivo: Definição de contorno labial, preenchimento de sulcos, rugas, olhos encovados e pequenas depressões. Duração aproximada de 8-12 meses.

Como é feita: Aplicação feita no consultório nos locais desejados, dispensa anestesia local. Paciente avalia o resultado imediatamente.

Recuperação: 2-6 dias para regressão do edema.

 

O ÁCIDO HIALURÔNICO é um mucopolissacarídio, macromolécula do grupo das glicosaminoglicanas, constituído aproximadamente de 1.000 a 10.000 unidades de dissacarídios, com alto peso molecular.

Está amplamente distribuído em vários tecidos conectivos animais, como componente principal de substâncias intercelulares, que mantém uma matriz geleificada ligando-se a proteínas, outros mucopolissacarídios e água. Atua como um lubrificante para proteger contra infecções bacterianas e reter água. O ÁCIDO HIALURÔNICO é encontrado tanto na derme como na epiderme. Acredita-se que a diminuição dos níveis deste ácido seja a principal causa do ressecamento da pele durante o envelhecimento.

A nossa pele, quando jovem, é caracteristicamente lisa e elástica. Ela contém muito ácido hialurônico, que é uma substância do nosso organismo que preenche os espaços entre as células. Com o avanço da idade a quantidade de ácido hialurônico diminui, diminuindo também a hidratação e a elasticidade da pele, o que contribui para o surgimento das rugas.

A cirurgia plástica atual dispõe de várias armas para combater as rugas da face, sendo a mais tradicional a cirurgia do “face-lifting”. Para aquelas pessoas que não querem se submeter a essa cirurgia ou que querem retardá-la, uma das melhores opções terapêuticas é a aplicação de ÁCIDO HIALURÔNICO sintético de origem não animal, não apresentando, por isso, risco de doenças auto-imunes, é biocompatível e biodegradável e dispensa teste alérgico prévio.
… uma substância de preenchimento, tendo vários nomes comerciais, com diferentes características de peso molecular, tamanho das partículas para aplicação específica de cada região facial, que serão definidas para o seu caso por ocasião da consulta.

O ÁCIDO HIALURÔNICO quando aplicado, integra-se aos tecidos, mantendo a pele saudável.

Aplicação

A aplicação do ÁCIDO HIALURÔNICO é rápida, feita no consultório, durando de 15 a 30 minutos. Existem várias ótimas opções de ÁCIDO HIALURÔNICO disponíveis para uso profissional.

As principais indicações são para o remodelamento de formas e contornos faciais, oferecer volume para regiõe alteradas pelo processo de envelhecimento ou para preenchimento do sulco naso-labial, das rugas glabelares (entre as sobrancelhas), das rugas frontais peri-orbitais (pés-de-galinha) e rugas peri-orais. Pequenos ajustes no contorno nasal são possíveis. As depressões vistas nas pálpebras inferiores (tear drop) também tem indicação e bons resultados desde que bem indicado. Outra indicação é para rejuvenescimento de mãos, também em casos selecionados.
O ÁCIDO HIALURÔNICO, por ser uma substância de preenchimento, suaviza as rugas mais profundas e pode melhorar quase totalmente as rugas mais superficiais e o efeito é imediato após a aplicação.

Após a aplicação, a área tratada fica vermelha e um pouco inchada, o que pode durar de um a dois dias. A duração do efeito é individual e depende de muitos fatores, como o tipo de pele, a idade do paciente e até mesmo o estilo de vida. Em média, os resultados se mantêm até um ano.

A grande vantagem é a possibilidade de retoques e de tratamentos subseqüentes, visto que o ácido hialurônico é completamente absorvido após esse período e, ao contrário de outros implantes, permite outras opções de tratamento, uma vez desaparecido o efeito do tratamento inicial.

Vantagens

As grandes vantagens do ÁCIDO HIALURÔNICO são a facilidade de aplicação, o fato de não ser um implante definitivo, evitando problemas com o arrependimento dos pacientes e, principalmente, os bons resultados alcançados.

Quem pode usar?
O ácido hialurônico é contraindicado para gestantes, pessoas com doenças inflamatórias locais, doenças autoimunes e antecedentes de alergias severas. Não há restrição específica de idade. O ideal é usar o produto antes de as rugas se instalarem.