Dr. Rogerio Gomes - Cirurgia Plástica - Florianópolis | PREENCHIMENTOS FACIAIS DEFINITIVOS (PMMA®) – BIOPLASTIA
5808
page-template-default,page,page-id-5808,page-child,parent-pageid-176,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

PREENCHIMENTOS FACIAIS DEFINITIVOS (PMMA®) – BIOPLASTIA

 

 

 

 

 

PREENCHIMENTOS FACIAIS DEFINITIVOS (PMMA®) – BIOPLASTIA

 

Objetivo: atualmente tem uso mais restrito para preenchimento de estruturas mais profundas e superfícies ósseas, para aumento do queixo e maçã do rosto. Utiliza produto sintético e inabsorvível.

Como é feita: aplicação direta do produto no local desejado, com anestesia local.

Recuperação: Dispensa repouso, podendo dirigir já no mesmo dia. O inchaço costuma ser grande e em 7 dias regride a maior parte. Apesar de ser incomum, pode haver rejeição e granulomas, o que leva a necessidade de intervenção, bem como alterações de circulação no local aplicado.

 

 

 

 

MAIS DETALHES:

A Bioplastia é um tratamento não-cirúrgico que age diferentemente dos preenchimentos cutâneos, atingindo uma camada mais profunda da pele. É considerada eficiente para correção de algumas imperfeições no corpo e no rosto. O produto da bioplastia é o polimetilmetacrilato (PMMA), biomaterial derivado do petróleo, que é injetado na pele do paciente por meio de microcânulas, uma espécie de seringa sem ponta.

Entre as áreas de atuação da bioplastia, atualmente se restrigem a correção de pequenos defeitos nasais e aumento do mento (queixo), pelo risco de endurecimento a longo prazo, que nestes locais não seria um problema. Na bioplastia do nariz, onde a técnica é muito utilizada, o resultado é satisfatório. Serve, também, como complemento a cirurgias anteriores.

Como é feita a bioplastia: Primeiro, o paciente passa por uma avaliação médica prévia, e em seguida, é realizada a técnica de marcação, com assepsia e antissepsia da área que passará pelo tratamento. A aplicação do implante, que é definitiva e irreversível (ao contrário do ácido hialurônico, por exemplo), dura em torno de uma hora. Há anestesia local.

 

Existem locais que não é indicado o uso do polimetilmetacrilato, por maior chance de reações adversas, como por exemplo os lábios, onde podemos utilizar outras substâncias como ácido hialurônico.

 

Todo paciente que deseja se submeter a Bioplastia (polimetilmetacrilato ou PMMA), deve saber de suas vantagens e desvantagens, descritas abaixo. Desvantagens da Bioplastia (polimetilmetacrilato ou PMMA): poder promover efeitos colaterais, como a rejeição e embolização com perda de substância (necrose) em extensão variável, apesar de serem fenômenos raros. Os efeitos após vários anos, afinal é um produto inabsorvível, podem modificar e necessitar correções. Por ser irreversível, impede o paciente de desistir do procedimento, após injetado.

Vantagens da Bioplastia (polimetilmetacrilato ou PMMA): O procedimento é realizado sob anestesia local, no próprio ambiente do consultório médico, com a possibilidade do paciente acompanhar passo a passo através de um espelho. O resultado é visto imediatamente sem a necessidade de inúmeras sessões, o paciente acompanha todo o procedimento acordado participando ativamente durante a execução da bioplastia.