Dr. Rogerio Gomes - Cirurgia Plástica - Florianópolis | Lipoaspiração (Lipoescultura,Lipoplastia,hidrolipo)
532
page-template-default,page,page-id-532,page-child,parent-pageid-479,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

LIPOASPIRAÇÃO – HIDROLIPOASPIRAÇÃO

 

 

 

Objetivo: Melhorar o contorno do abdomen, cintura, costas , pernas, coxas, joelhos, tornozelos, braços e face.

Como é feita: Sob anestesia local com sedação ou geral, depósitos de gordura localizada e resistentes a exercícios são aspirados do corpo com um sistema à vácuo após preparo com solução vasoconstritora (Hidrolipo) que facilita a retirada, diminui sangramento, melhor recuperação, permitindo retiradas maiores de volume (até de 7% do peso corporal ou 40% da superfície corporal). Não deve ser realizada em pacientes obesos, que devem primeiro eliminar o excesso, para ter melhor resultado estético e menores riscos de intercorrências. Idade mínima para realizar o procedimento: a partir dos 15 anos.

Recuperação: Variável conforme a extensão e volume retirado, sendo que o retorno ao trabalho ocorre em 4 a 12 dias na maioria dos casos. Exercícios físicos devem ser evitados no primeiro mês. Utilizam-se cintas modeladoras no primeiro mês, e drenagem linfática com profissional experiente, pois drenagem inadequada pode interferir no resultado. O resultado é bem visível após o primeiro mês, sendo final em 3-6 meses. A ausência de intercorrências e respeito aos cuidados pós-operatórios são condições para estes prazos serem razoáveis.

 

  • Por resolução do Conselho Federal de Medicina, a divulgação de fotos de antes e depois de cirurgias/procedimentos médicos, caracteriza infração ética, passível de punição.

 

 

DETALHES:

Quando está indicado a Lipoaspiração?
Quando há excesso de gordura localizada, sem excesso de pele.  Os locais mais comuns são o abdômen, flancos, dorso, culotes, coxas internas, joelhos e pescoço. Menos comumente em braços, face, axilas, pernas. Pacientes com obesidade não são candidados a Lipoaspiração, pelos resultados mais limitados nesta condição e riscos maiores envolvidos.

 

Qual a diferença de Lipoaspiração, Hidrolipoaspiração, Lipoescultura e Lipo light?
Todas estas técnicas são lipoaspiração, mas com adaptações feitas pelo seu cirurgião plástico. Preferimos a Hidrolipoaspiração, que é quando se utilizam soluções líquidas (geralmente soro fisiológico) e adrenalina para preparo das regiões a serem lipoaspiradas. Isto leva a menor sangramento, permitindo maiores retiradas, com menos tempo de recuperação e menos dor. A Lipoescultura é a retirada de gordura dos locais com excesso e enxertia nos locais com pouco volume, como bumbum, tornozelos, sulcos e depressões.

A Lipo light é a realizada com anestésico local, podendo ser feita no consultório, mas é limitada a uma área pequena, pelo volume de anestésico que pode ser usado e pela tolerância do próprio paciente.

 

Existe uma idade ideal para se fazer lipoaspiração?
Não existe uma idade ideal, mas sim, a oportunidade ideal. Essa oportunidade é determinada pela presença do excesso localizado de gordura, e poderá ocorrer em qualquer idade,  a partir de 15 anos.  É muito mais freqüente em pacientes até os 40 anos, mas pessoas idosas, também podem ter indicação para Lipoaspiração, mas exigem maior critério do cirurgião para sua indicação, para que não haja grande flacidez residual.

 

A Lipoaspiração é indicada para pessoas com excesso de peso?
A Lipoaspiração não deve ser indicada para perda de peso. O objetivo é remover gordura localizada para remodelar e realçar a silhueta corporal masculina e feminina.

Pacientes acima do peso, devem primeiro perder peso (nutricionista, nutrólogo, endocrinologista, ortomolecular, exercícios, dieta, etc.) para depois programar sua cirurgia.

 

Existe um limite do volume a ser aspirado na Lipoaspiração?
Sim. Foi definido pelo Conselho Federal de Medicina (é lei) como 7% do peso corporal e 40% da superfície corporal. Estes limites são definidos para que haja uma recuperação mais adequada com menos riscos, e é o principal motivo de não se realizar lipoaspiração em obesos.

 

Por que algumas pessoas tem tanto medo da Lipoaspiração?
De tempos em tempos, a mídia divulga casos de complicações e óbito relacionados a Lipoaspiração, especialmente nas últimas décadas, algumas com especialistas (geralmente complicações do tipo fenômenos trombo-embólicos) e a grande maioria com médicos não-especialistas (complicações relacionadas a técnica, como perfuração, hipovolemia, assimetrias e irrregularidades grosseiras, além dos fenômenos trombo-embólicos). Considerando que a Lipoaspiração é um procedimento relativamente novo (iniciou em 1980), nos primeiros anos houveram complicações sérias, pelo fato de não se conhecer os limites deste novo e revolucionário procedimento. Hoje estes critérios estão melhor definidos, como visto acima, e os riscos existem, mas são semelhantes a qualquer procedimento cirúrgico.

Mais recentemente, existe uma grande preocupação com ¨cursos¨ para médicos que propõe a ¨ensinar¨ a fazer Lipoaspiração. São médicos que acreditam ter formação adequada, com uma carga horária baixa e pouca prática, e pelo menosprezo e desconhecimento das reais conseqüências que uma lipoaspiração pode levar, se aventuram a oferecer esta técnica, expondo alguns pacientes a Lipoaspiração, com o atrativo de custo baixo, levando em muitos casos a complicações sérias, inclusive óbito, além de causar a falsa impressão que a culpa é do procedimento.

A Lipoaspiração deve ser realizada por cirurgião plástico, especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, pois este profissional teve treinamento de 5 anos antes de iniciar sua carreira, estando mais habilitado para realizá-la. Não é uma garantia absoluta de sucesso, mas a possibilidade de ocorrer intercorrências é muito menor, e mesmo que ocorra, ele estará preparado para conduzir e corrigir eventualmente.
E sobre o tamanho das cicatrizes da Lipoaspiração ? Onde se localizam?
As cicatrizes tem aproximadamente 5-10 mm, são localizadas próximas aos locais a serem tratados, sempre procurando posições escondidas, geralmente  dentro de marcas de roupas íntimas. O número dessas cicatrizes variam conforme o número de áreas tratadas.

 

Qual o tipo de anestesia da Lipoaspiração ?
Anestesia geral é a nossa preferência pela maior monitorização, com maior segurança para a(o) paciente.

 

Há dor no pós-operatório da Lipoaspiração ?
Geralmente é proporcional à extensão das regiões tratadas. Mesmo que ocorra uma sensibilidade maior ou pequenos surtos de dor, estes poderão ser controlados com o uso de analgésicos  e anti-inflamatórios.

 

Qual o período de internação da Lipoaspiração ?
Normalmente não é necessário internação, mas um período de observação de 4-12 horas. Somente nos casos mais extensos, com grande retirada de volumes, pode ser necessário 24hs de internação.

 

Quanto tempo dura a cirurgia de Lipoaspiração ?
Normalmente, varia de 1 – 4 horas. Dependendo do caso, existem detalhes que podem prolongar este tempo. Mesmo assim, raramente ultrapassam 50 % do tempo básico previsto.

 

Quanto tempo vou ficar inchada(o) após a Lipoaspiração ?
O edema (inchaço) varia de paciente para paciente. Existem aqueles(as) que já no 1º mês dia apresentam-se com um aspecto bastante natural. Outros irão atingir este resultado após o 3º mês. Somente aí é que poderemos dizer que o edema residual é discreto e não compromete o resultado final.

 

O que são as “manchas roxas” observadas em alguns casos de Lipoaspiração ?
Nada mais são do que a infiltração do sangue na pele (depósitos de hemossiderina) e são devidas ao próprio trauma cirúrgico. Isto, entretanto, não constitui qualquer problema futuro, e não é considerado complicação, mas sim, uma intercorrência transitória com resolução espontânea, mesmo que as vezes estas manchas possam levar vários meses para ceder completamente.

 

Quando atingirei o resultado definitivo da Lipoaspiração ?
Após o 6º mês. Entretanto, após o 3º mês já teremos uma boa idéia do resultado final. Quanto mais tempo passar, melhor será o resultado.

 

Há melhora da celulite com a Lipoaspiração ?

Sobre a celulite, o resultado depende do estágio evolutivo da doença, sendo que os estágios iniciais respondem melhor. Ocorre uma boa melhora do aspecto das irregularidades e das aderências causadas pela celulite e muitas vezes associamos a subcisão durante a cirurgia. No entanto, nem sempre estes resultados são definitivos, podendo retornar parcialmente ou até totalmente. É importante entender que trata-se de uma doença sistêmica (compromete todo o organismo) com vários fatores responsáveis pelo seu aparecimento, como o fumo, vida sedentária, baixa circulação dos membros inferiores, desequilíbrios hormonais, maus hábitos alimentares, etc.

 

Como funcionam os enxertos de gordura que muitas vezes se associam?

Com relação aos enxertos de gordura, podem ser feitos em vários locais, sendo o principal a região glútea, conferindo aspecto bastante natural. Também é feito em pernas, tornozelos, face interna das coxas e face. Não existe rejeição da gordura, pois ela é do seu próprio organismo, mas pode haver algum grau de reabsorção pelas defesas do organismo, em quantidade variável para cada paciente. Por isso poderá ser necessário mais de uma sessão de enxertia para que se obtenha o resultado desejado.  Na região glútea a absorção é mínima, pela grande circulação local que facilita a integração dos enxertos intra-musculares e não costuma ser necessário complementações.  As novas técnicas de Lipoenxertia tem diminuído substancialmente a absorção dos enxertos de gordura, com resultados bastante aceitáveis.

 

São utilizados curativos na Lipoaspiração ?
Sim. Curativos com espumas forradas em algodão direto sobre o abdome, flancos e dorso, direto sobre a pele, e acima desta a cinta modeladora Nas incisões utilizamos cola e fios absorvíveis ao invés de pontos, na maioria das vezes, dispensando os curativos nestas áreas. Os modeladores corporais podem ser considerados curativos, e devem ser utilizados por 1 mês, e retirados somente para os banhos.

 

Como devo proceder para tomar banho após a Lipoaspiração ?
O banho pode ser normal após o primeiro retorno (3-4 dias após a cirurgia), recolocando a cinta modeladora e a espuma após o banho.

 

Qual o papel da drenagem linfática no pós-operatório da Lipoaspiração ?

A drenagem linfática ajuda na remoção de líquidos e toxinas acumulados nas regiões operadas. Isto leva a mais conforto para a(o) paciente, menos dor no pós-operatório e mais rápido retorno às atividades do dia-a-dia. Mas é fundamental que seja feita por profissional com experiência em pós-operatório de cirurgia plástica, pois a drenagem linfática mal feita, pode interferir negativamente no resultado final.

 

Qual a evolução pós-operatória da Lipoaspiração ?
Não se deve esquecer que, até que se consiga o resultado final, diversas fases são características deste tipo de cirurgia. Entretanto, poderá lhe ocorrer alguma preocupação no sentido de “desejar atingir o resultado final antes do tempo previsto”. Seja paciente, e respeite as recomendações de cuidados pós-operatórios, pois seu organismo se encarregará de dissipar todos os pequenos transtornos intermediários
Em tempo: Em algumas pacientes, ocorre uma certa ansiedade nesta fase, decorrente do aspecto transitório (edema, insensibilidade, transição cicatricial, etc.). Isto é passageiro e geralmente reflete o desejo de se atingir o resultado final o quanto antes. Lembre-se que nenhum resultado desta cirurgia deverá ser considerado como definitivo antes dos 6 meses.

 

Que tipo de intercorrência pode acontecer na Lipoaspiração ?
Consideramos intercorrência todo e qualquer detalhe que possa surgir no pós-operatório além daqueles considerados normais. É sempre indesejado, mas normalmente de controle médico.
Discretas assimetrias podem ocorrer, principalmente se esta já existia no pré-operatório. Estas pequenas diferenças podem perfeitamente ser corrigidas em uma nova oportunidade, normalmente apos 6 meses.
Hematomas, seromas são situações que podem ocorrer, principalmente em pacientes obesos e tabagistas. Os processos infecciosos, apesar de raros, podem ocorrer.
Trombose venosa profunda pode ocorrer, e é prevenida com deambulação precoce, movimento pés, uso de botas pneumáticas, e eventualmente(conforme protocolo) medicação anti-coagulante. Com estas medidas, evita-se a evolução para tromboembolismo pulmonar, que é complicação mais séria.

Pacientes tabagistas, diabéticos e com estrias acima da cicatriz umbilical podem ter sofrimento de pele na área central com perdas parciais localizadas, que se ocorrem são controladas com curativos locais, e às vezes necessitam posteriormente de um procedimento com anestesia local para resolução completa.
As equimoses (manchas roxas) nada mais são do que a infiltração do sangue (hemossiderina) na pele subjacente e são devidas ao próprio trauma cirúrgico. Isto, entretanto, não constitui qualquer problema futuro, com resolução espontânea.
Quando poderei voltas às minhas atividades normais após a Lipoaspiração ?
Pode-se reiniciar a dirigir após 1-2 semanas, com cuidados. Caminhadas a partir de 2 semanas. Banho de sol após 45-60 dias, conforme a extensão do procedimento. Exercícios físicos leves a partir de 1 mês. Conforme o seu caso específico poderá haver ajustes nestes números, e serão explicados na época adequada.

 

Para que servem os exames pré-operatórios e fotografias?
Os exames que pedimos previamente a cirurgia constituem a rotina de qualquer ato cirúrgico. São fundamentais para avaliarmos o organismo como um todo, detectarmos anemias, processos infecciosos, etc.
As fotografias tomadas antes e depois da sua cirurgia também são uma rotina e têm o objetivo de registrarmos a evolução do seu caso ao longo do tempo. São fundamentais no pré-operatório para avaliarmos as regiões a serem tratadas, eventuais diferenças de um lado para outro, enfim, para planejarmos o que será feito. Suas fotos permanecerão arquivadas e não serão exibidas a outros pacientes ou pessoas leigas, ficando seu uso restrito para fins de documentação científica.